Tumor de Warthin

Ocorre principalmente em homens, é freqüentemente bilateral. Ele tem uma aparência cística, linfoepitelial, oncocitica. A citologia é a de uma lesão cística. O material aspirado é geralmente marrom, sujo e espesso. O fundo do esfregaço é sujo composto por este fluido “cístico “, que contém células oncocíticas, linfócitos e histiócitos. Os oncocitos estão dispostos em estruturas papilares ou pseudopapilares. O Tumor de Warthin (Cistadenoma papilar linfomatoso) freqüentemente sofre alterações necróticas. Isto resulta em metaplasia escamosa. Esta pode simular um Carcinoma escamoso necrótico. O diagnóstico diferencial é muito importante, uma vez que Carcinoma escamoso na região da cabeça e pescoço é geralmente necrosado, mostrando – se pseudocístico. Quase todos os pacientes são fumantes.

 

Histologia típica do Tumor de Warthin (Cistadenolinfoma): cisto menor / maior, revestidos por duas fileiras de células oxífilicas (como oncocíticas). O conteúdo é de eosinófilos, mais ou menos homogéneo de acordo com o tamanho e o grau de inflamação. Os elementos epiteliais estão intimamente ligados ao fundo linfático. A lesão é muitas vezes múltipla, e pode ser comumente observada em gânglios linfáticos.. É fácil de entender, que a utilização de aspiração vácuo (PAAF) o componente menos "fixo" é o fluído. Este será seguido pelos linfócitos e os elementos epiteliais oncocíticas. (veja os próximas imagens ) (Giemsa)
Histologia típica do Tumor de Warthin (Cistadenolinfoma): cisto menor / maior, revestidos por duas fileiras de células oxífilicas (como oncocíticas). O conteúdo é de eosinófilos, mais ou menos homogéneo de acordo com o tamanho e o grau de inflamação. Os elementos epiteliais estão intimamente ligados ao fundo linfático. A lesão é muitas vezes múltipla, e pode ser comumente observada em gânglios linfáticos.. É fácil de entender, que a utilização de aspiração vácuo (PAAF) o componente menos "fixo" é o fluído. Este será seguido pelos linfócitos e os elementos epiteliais oncocíticas. (veja os próximas imagens ) (Giemsa)

 

Citologia típica do Tumor de Warthin (cistadenolinfoma): grande quantidade de conteúdo do cisto (que aparenta ser purulento por ser espesso e amarelado na seringa!), células oxifílicas (oncocitos) dispostas em lençois. No lado direito são vistos muitos linfócitos. O conteúdo cístico pode ou não ser metacromático, mas a parte epitelial é quase sempre monomórfica (em relação ao Tumor misto). Em caso de muita inflamação, pode ocorrer ruptura de algumas das lesões císticas, metaplasia escamosa, o que sugere o diagnóstico de um Carcinoma mucoepidermóide (fundo mucinoso, epitélio glandular e escamoso!) O PAAF desta lesão pode claramente demostrar  o que esperamos ver na citologia com base na histologia: a quantidade dos diferentes componentes da lesão depende do colapso produzido após o vácuo! (Giemsa)
Citologia típica do Tumor de Warthin (cistadenolinfoma): grande quantidade de conteúdo do cisto (que aparenta ser purulento por ser espesso e amarelado na seringa!), células oxifílicas (oncocitos) dispostas em lençois. No lado direito são vistos muitos linfócitos. O conteúdo cístico pode ou não ser metacromático, mas a parte epitelial é quase sempre monomórfica (em relação ao Tumor misto). Em caso de muita inflamação, pode ocorrer ruptura de algumas das lesões císticas, metaplasia escamosa, o que sugere o diagnóstico de um Carcinoma mucoepidermóide (fundo mucinoso, epitélio glandular e escamoso!) O PAAF desta lesão pode claramente demostrar  o que esperamos ver na citologia com base na histologia: a quantidade dos diferentes componentes da lesão depende do colapso produzido após o vácuo! (Giemsa)

 

X